Veja alguns males que o consumo excessivo de bebidas energéticas podem causar!

O consumo de bebidas energética é bem popular entre pessoas que frequentam algumas festas que costumam durar um dia inteiro, ou até mesmo para quem treina e recorre á bebidas regadas á cafeía para terem mais disposição e um treino mais eficaz.

Anúncio

No momento do cosumo as bebidas energéticas cumprem o que prometem, mas você sabe quais os riscos que o consumo em excesso dessas bebidas pode causar? Entenda por que moderar na hora de consumir bebidas energéticas.

Selecione a opção abaixo: 

Anúncio

Escolha a opção acima e você será redirecionado(a) para um conteúdo do nosso blog, onde mostramos algumas plataformas de telemedicina.

Malefícios que bebidas energéticas podem causar

As bebidas energéticas estão repletas de cafeína e açúcares, além de outros componentes que se consumido em excesso podem causar um impacto negativo para o organismo. Reduzir o consumo de bebidas energéticas pode até significar melhor performance em seus treinos físicos, resultando em melhores resultados.

Os efeitos da bebida energética podem varias de pessoa para pessoa, mas em caso de pessoas com o organismo mais sensível o impacto pode ser extremamente negativo, levando a pessoa a precisar até emsmo de atendimento. Veja os malefícios do consumo a curto e a longo prazo de bebidas energéticas.

Site

Zé delivery

Compre bebidas de todos os tipos, petiscos e tudo que você precisar com entrega quase instantânea.

Você permanecerá no mesmo site

Problemas renais

As bebidas energéticas estão regadas a cafeína,que um dos maiores agentes causadores de doenças nos rins, podendo levar até mesmo a um quadro de pedra nos rins. Cortar o consumo de bebidas energéticas é garantir que os seus rins trabalharão da melhor forma possível, sem comprometê-los.

Interfere na ação de medicamentos

Assim como o álcool, o consumo de bebidas energéticas pode interferir em qualquer tratamento médico que você esteja fazendo. Aumentando e diminuindo efeitos colateriais, o que pode causar um impacto negativo em seu organismo. Não faça uso de bebidas energéticas enquanto estiver fazendo qualquer tratamento com medicamentos.

Desidratação

Além de afetar seus rins, as bebidas energéticas podem interferir e agravar um quadro de desidratação, pois a cafeína age de forma diurética, agravando situações de desidratação se você não estiver fazendo a reposição de água corretamente. Dê espaço para seu organismo se manter hidratado, e aumente o consumo de água.

Problemas no estômago

O uso prolongado de bebidas energéticas podem desencadear situações de distúrbios gastrointestinais, levando o indivídui a ser acometido por gastrites, que geram náuseas, vômitos e dores de cabeça, devido á alta taxa de açúcas e cafeína presente na bebida. As bebidas energéticas podem irritar a mucosa gastrointestinal.

Distúrbios mentais

O Consumo prolongado de energético podem fazer com que o indivíduo desenvolva ansiedade, depressão e outras doenças e distúrbios mentais, devido aos altos teores de cafeína e descontrole de sono que elas podem causar. É importante estar atento aos malefícios que a bebida eergética pode desencadear em seu organismo.

Consuma energéticos com moderação.

Todo cuidado é pouco

As bebidas energéticas podem ser uma boa e rápida opção em alguns casos, mas é importante ressaltar que não é recomendado bebê-la com frequência, pois as chances de desenvolvimento de problemas e distúrbios mentais á longo prazo são altas. Escolha maneiras saudáveis de aumentar sua performance em seu treino físico.

Os impactos da bebida energetica podem ser minimizados com água, mas ao consumir grandes quantidades leva um certo tempo para completa eliminação da mesma do organismo. Nunca exagere nas quantidades e saiba que esta é uma bebida que deve ser consumida eventualmente, e jamais para uso diário devido a seus efeito colaterais.

Perguntas Frequentes:

Não necessariamente. Embora o consumo ocasional de bebidas energéticas geralmente seja considerado seguro para adultos saudáveis, o consumo excessivo pode levar a efeitos colaterais adversos devido à alta concentração de cafeína e outros ingredientes estimulantes. Pessoas com condições médicas preexistentes, sensibilidade à cafeína ou mulheres grávidas devem evitar ou limitar o consumo dessas bebidas.

As bebidas energéticas geralmente contêm cafeína, taurina, vitaminas do complexo B, açúcares, e alguns aminoácidos. A cafeína é o principal estimulante, proporcionando um aumento temporário de energia. No entanto, os níveis de cafeína podem variar entre as marcas.

O consumo moderado de bebidas energéticas pode aumentar temporariamente os níveis de alerta e reduzir a sensação de fadiga. No entanto, o consumo excessivo pode levar a efeitos colaterais como insônia, nervosismo, aumento da frequência cardíaca e pressão arterial elevada.

Em geral, não são recomendadas para crianças e adolescentes devido à sua alta concentração de cafeína e outros ingredientes estimulantes. O sistema nervoso dessas faixas etárias ainda está em desenvolvimento, e o consumo excessivo de cafeína pode ter efeitos negativos na saúde.

Sim, o consumo de bebidas energéticas em combinação com álcool pode ser perigoso. A cafeína nas bebidas energéticas pode mascarar os efeitos do álcool, levando a um aumento do risco de intoxicação alcoólica. Além disso, essa combinação pode resultar em comportamentos de risco e aumentar a probabilidade de acidentes. Recomenda-se evitar misturar bebidas energéticas com álcool.

Artigos do Site