Como tirar atestado sanitário para trânsito de cães e gatos

Tirar férias com toda a família, incluindo animais de estimação, é uma das melhores experiências. Passar um tempo longe de casa é uma ótima maneira de recarregar e viajar com seus amores de quatro patas pode ser uma experiência gratificante.

Anúncio

No entanto, antes de fazer a viagem, alguns preparativos devem ser feitos. Isso inclui a obtenção do certificado de saúde necessário para o trânsito, obrigatório para viagens de avião e ônibus. Para os donos de animais menos apegados, existem outras opções, como deixar o animal sob os cuidados de um amigo de confiança ou em um hotel para animais.

Requisitos Certificados de Saúde Para o Trânsito de Cães e Gatos

A legislação para o certificado sanitário de trânsito de cães e gatos no Brasil segue as recomendações e diretrizes da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). O cartão de vacinação do animal de segurança deve estar atualizado para fazer a viagem.

Anúncio

Este certificado é um documento assinado por um veterinário, confirmando as boas condições de saúde do animal.

É sugerido tê-lo feito pelo veterinário que já acompanha o animal. A data de emissão do certificado é um fator importante para sua validade e os requisitos podem variar dependendo se a viagem é de ônibus ou avião.

Existe diferença entre o atestado de cão e gato?

Muitos proprietários têm dúvidas sobre o certificado de saúde necessário para o seu animal de estimação viajar. Embora alguns acreditem que gatos e cães exijam documentos diferentes, o procedimento permanece o mesmo.

Para embarcar em um ônibus, o certificado deve ser emitido pelo menos 15 dias antes da viagem. Deve ser assinado por um veterinário confirmando a boa saúde do animal.
Além de preparar a papelada necessária, o tutor deve tomar precauções antes da viagem.

É essencial garantir que a caixa de transporte tenha o tamanho certo para o animal. Para os cães, pode ajudar a levá-los para uma caminhada antes da viagem para que eles sejam mais tolerantes a dormir durante a viagem.

Passar tempo brincando com o animal de segurança, seja um cachorro ou um gato, antes da viagem pode ajudá-lo a não ficar tão estressado. Para gatos, não é recomendado viajar, a menos que seja um caso de realocação. No entanto, é essencial preparar o felino emocionalmente para enfrentar mudanças em sua rotina da melhor maneira possível.

E para viajar de avião? Como funciona o atestado para o pet?

Os certificados sanitários para cães e gatos que viajam de avião são os mesmos. A data de emissão pode variar dependendo da companhia aérea e do destino; geralmente, isso deve ser feito pelo menos 10 dias antes da viagem.

Um Auditor Fiscal Agrícola Federal Veterinário inspecionará animais em voos internacionais e emitirá um Certificado Veterinário Internacional. Os veterinários privados também devem fornecer um certificado sanitário, que a autoridade veterinária do país de destino analisará para avaliar a saúde do animal.

Inconsistências entre o certificado e a verificação podem levar a medidas sanitárias como quarentena ou repatriamento. Para evitar problemas, verifique os requisitos do país de destino e certifique-se de que o veterinário os atesta. As companhias aéreas podem ter especificações adicionais, então planeje.

Deixe um comentário