Alimentos que não podem ser dados a cães: Mantenha seu melhor amigo seguro e saudável!

Os cães são considerados parte da família e, como tutores responsáveis, é nosso dever garantir que eles recebam uma dieta adequada e segura. Embora muitos alimentos sejam saudáveis ​​e seguros para os cães, existem alguns que devem ser absolutamente evitados. 

Anúncio

Muitos alimentos que julgamos até inocentemente serem saudáveis, acabam se tornando prejudiciais e colocando a vida do nosso cachorro em risco. Assim, alguns alimentos comuns para nós, podem ser tóxicos ou prejudiciais aos cães. Antes de dar um alimento para seu cachorro, caso não tenha certeza se realmente pode ser prejudicial ou não, busque se informa.

Aqui nossa missão é mostrar alguns destes alimentos que são muito tóxicos para cães e evitar que seu amigo peludo possa ser prejudicado. Fique atento, pois, se estiver dando alguns destes alimentos ao seu cachorro, suspenda agora mesmo.


Anúncio

Alimentos prejudiciais a cães

VEJA TAMBÉM

Veja atentamente a lista de alimentos que devem ser evitados a todo custo aos seus animais e saiba como evitar que eles possam ingerí-los.

Chocolate

Para nós é muito doce e saboroso, entretanto, para os cães o chocolate contém substâncias que são terrivelmente prejudiciais à saúde do seu pet. O conjunto destas substâncias são denominadas de metilxantinas, como a teobromina, tóxicas para os cães. 

O consumo de chocolate pode causar vômitos, diarreia, aumento da frequência cardíaca, tremores e, em casos graves, pode até ser fatal. Por isso, se você gosta de chocolate, evite dar ao seu cãozinho. 

Cebola e alho

Estes dois condimentos que utilizamos na cozinha, podem ser dados ao cão por meio de alimentos temperados com eles. Contudo, tanto a cebola, quanto o alho, em todas as formas (cru, cozido, em pó), contêm compostos que podem danificar as células vermelhas do sangue dos cães, causando anemia. 

Mesmo pequenas quantidades podem ser prejudiciais, portanto, é melhor evitar esses ingredientes em alimentos caseiros ou petiscos.

Uvas e passas

Essas frutas podem causar insuficiência renal aguda em cães. Os sintomas incluem vômitos, letargia e diminuição do apetite. Em alguns casos graves, pode levar a complicações graves e até à morte.

Busque evitar qualquer contato do seu cãozinho com esses alimentos. Muitas vezes ao fazermos uma receita ou mesmo comermos em casa, acabamos deixando cair certas quantidades no chão e os cães acham e ingerem. Fique atento com isso e jamais dê esses alimentos ao seu cachorro.

Abacate

Este fruto é menos provável que seu cachorro possa encontrar e ingerir, contudo, busque evitar de qualquer maneira que ele coma abacate. Esta fruta contém uma substância chamada persina, tóxica para muitos animais, incluindo cães. 

Pode causar problemas gastrointestinais, dificuldade respiratória e acúmulo de líquido no peito.

Xilitol

Muitos desconhecem, mas se trata de um adoçante artificial encontrado em muitos produtos sem açúcar, como goma de mascar, doces e produtos de panificação. Por isso, evite esse tipo de alimento ao seu cãozinho. 

Ele pode causar uma rápida liberação de insulina nos cães, resultando em uma queda perigosa nos níveis de açúcar no sangue. Os sintomas incluem vômitos, perda de coordenação e até convulsões.

Nozes de macadâmia



Por aqui não é um alimento muito popular, mas muita gente consome, sobretudo, quem busca um estilo de vida mais fitness. Entretanto, quando se trata de animais, as nozes de macadâmia são tóxicas para os cães e podem causar fraqueza, tremores, vômitos, febre e dificuldade para andar. 

É importante evitar todos os tipos de nozes em cães, pois muitas delas são ricas em gorduras, o que pode causar problemas gastrointestinais e pancreáticos.

Carne crua e peixes crus

Embora os cães sejam carnívoros, a carne crua e os peixes crus podem representar riscos à saúde deles. Esses alimentos podem conter bactérias como Salmonella, que podem causar intoxicação alimentar nos cães, levando a sintomas como vômitos, diarreia e desidratação. 

Além disso, ossos pequenos e afiados presentes em peixes crus podem causar obstruções ou perfurações no sistema digestivo do cão.

É fundamental lembrar que essa lista não está completa, e existem outros alimentos que podem ser prejudiciais aos cães. Sempre consulte um médico veterinário para obter orientações específicas sobre a alimentação adequada para o seu cão. 

Lembre-se também de que cada cão é único, e alguns podem ter alergias ou intolerâncias alimentares individuais. Como tutor responsável, é nossa responsabilidade garantir que nossos cães recebam uma dieta equilibrada e segura. 

Opte por alimentos específicos para cães, seguindo as recomendações do veterinário. Ao evitar alimentos potencialmente prejudiciais, você estará contribuindo para a saúde e o bem-estar do seu melhor amigo de quatro patas.

Deixe um comentário